EMPRÉSTIMOS COM GARANTIA DE BENS

O que é o empréstimo com garantia de bens?

O empréstimo com garantia, é um meio onde o cliente oferece um bem à instituição e consegue prazos mais longos e juros mais baixos do que outras opções de créditos disponíveis no mercado.

Quem pode solicitar o empréstimo com garantia de bens?

Pessoas físicas com até 75 anos de idade, proprietários de imóveis (casa, terreno, sala comercial e etc). Os contratantes de 75 anos só poderá contratar um empréstimo de no máximo de 60 meses.

Qual a taxa de juros para empréstimos com garantia de imóveis?

A Wimo trabalha com a taxa de juros de 0,99% ao mês. Porém depende do prazo da operação, valor do imóvel e da avaliação de risco do cliente.

Qual o valor máximo do crédito? E qual é o prazo para liberação desse crédito?

A Wimo libera o crédito mínimo de R$30.000 (trinta mil reais) e o valor máximo de R$2.000.000 (dois milhões de reais). Levando em consideração que o valor do crédito precisa ser proporcional a 50% do valor do imóvel.

Qual o prazo de liberação do crédito?

É feito uma análise sobre todo os documentos do cliente, e do bem, levando em média 10 dias para a liberação do crédito.

O que é alienação fiduciária? Como o imóvel é dado como garantia?

Alienação fiduciária, é onde o proprietário transfere o bem para a instituição até o fim do contrato, de forma com que ambos definam que o bem é a garantia de pagamento da dívida. Sendo assim, a instituição toma posse indireta do bem, e o proprietário continua com a posse direta, ou seja, usufruindo do bem.

Como é o processo de comprovação de renda?

Pessoas assalariadas, precisam enviar os três últimos holerite. Sócios ou proprietários precisam enviar as declarações do Imposto de Renda, o extrato bancário dos três últimos meses. Já pessoas autônomas declaram renda através dos extratos bancários dos três últimos meses. Os aposentados e pensionistas, precisam enviar o extrato do pagamento do benefício referente ao último mês.

Existe limite para o comprometimento da renda?

Sim, a parcela mensal do crédito deve representar até 30% da renda mensal disponível.